Esta página se propõe a compilar poetas que divulgam exclusivamente seus poemas em blog. Sabendo que alguns possuem obras publicadas em livro, ainda assim agregaremos esses autores com a condição de que os poemas selecionados tenham sido publicados na rede. Bem-vindos ao blog dos "bloetas!!!

Adelaide Amorim

Poeta da rede. Reside no Rio de Janeiro - Brasil.

Link para o o blog: Adelaide Amorim

AQUARELA
quase manhã e o vento urdindo a luz
em hastes
cores concreto e áspero de asfalto
lascas de sol nas vidraças
os edifícios
erguem punhos severos contra o céu
e lançam calmos enigmas sem letras
à carne da cidade amanhecida
temperada
em vida e óleo diesel

FESTA
o vento no asfalto quente
é um peso lento ameaçando o mundo
e as copas
feras no cio
sons graves de oboés
pelas estradas
e intermitente a luz
fuzila a terra
a chuva chega
e é festa de serpentes
nos telhados

ODE À FUGA
fugir às vezes é inventar estradas
em pleno pântano
e pontes sobre areia movediça

4 comentários:

Cosmunicando disse...

olá pessoal,
parabéns pela iniciativa e pela escolha dos poetas.
Obrigada pela mensagem que me enviaram e pelo convite para publicação de dois poemas, estejam à vontade para faze-lo quando for oportuno.
Abraços a todos,
Mercedes.

Isabel disse...

Fantástico blog. parabéns.



www.mendesferreira.blogspot.com

Nydia Bonetti disse...

Sou fã incondicional da poesia de Adelaide Amorim. Estes três poemas são lindíssimos. beijos

neo-orkuteiro disse...

Vim conhecer o blog e já fiz algumas descobertas. Sua Fuga foi uma.

Seguidores

Arquivo do blog