Esta página se propõe a compilar poetas que divulgam exclusivamente seus poemas em blog. Sabendo que alguns possuem obras publicadas em livro, ainda assim agregaremos esses autores com a condição de que os poemas selecionados tenham sido publicados na rede. Bem-vindos ao blog dos "bloetas!!!

Murilo Hildebrand de Abreu

Poeta da rede. Reside em Belém - PA - Brasil

Link para o blog: O nascimento das palavras - o blog do Murilo Hildebrand de Abreu

(quantos dias há num dia? E a noite?
Abriga quantas noites? (cada pulsar, um
novo coração; cada pulsar, um novo
homem (quantos homens é um homem?
(tenho aqui uma calculadora que
faz contas impossíveis. Tenho aqui a poesia.

***

(eu queria escrever algo que tivesse a
inconstância das nuvens (a paisagem-
texto mudaria a cada olhar (cada desenho
do texto-céu duraria apenas alguns
milésimos de segundos (nuvens fugidias
que formariam-se onde menos
esperássemos (talvez no céu, talvez no
mar, nas sombras, dentro ou através de
nossos olhos (porque nossos olhos são
nuvens (nuvens que chovem alegria ou
tristeza (o livro seria um eterno transmutar-se

3 comentários:

neo-orkuteiro disse...

Muito bem, Murilo. Gostei das contas de sua calculadora.

Thaís disse...

Um eterno transmutar-se. Que idéia mais gostosa...

Murilo Hildebrand de Abreu disse...

Olá!

Atualizando: agora os meus textos estão em https://medium.com/@muriloha

Obrigado!

Seguidores

Arquivo do blog